Educação para o trânsito na comunidade kaingang

Projeto bilingue objetiva proteger a comunidade indígena
Projeto bilingue objetiva proteger a comunidade indígena

A Escola Pública de Trânsito do Detran/RS realizou no  dia 22 e 23 de março a primeira Capacitação de Professores Estaduais de Educação Indígena em Educação para o Trânsito. A primeira edição ocorreu em Cacique Doble com a etapa presencial de 16 horas aula. O curso abrange também oficinas e etapas a distância, em um total de 40 horas/aula.

 

O projeto prevê que após o curso presencial de dois dias, os professores se organizem para planejar ações não apenas para estudantes, mas também para outros segmentos da comunidade, com a assessoria da equipe técnica da Escola Pública de Trânsito do Detran/RS, através da modalidade de ensino a distância por meio de plataforma de aprendizagem que permite a elaboração de projetos em cooperação.

 

O curso aborda temas como o papel do multiplicador, o trânsito como espaço de convivência e de comunicação, as regras de circulação e conduta como exercício da cidadania e autocuidado, fatores de proteção e especificidades dos diferentes públicos.

 

A ação pedagógica faz parte do Plano de Ação Indígena que está sendo desenvolvido em parceria com as secretarias do Planejamento e da Educação, DAER e Detran/RS, com o objetivo de prevenir riscos para as populações indígenas em decorrência das obras que serão realizadas neste ano nas rodovias ERS-3241 e ERS-406, colaborando ainda para um uso mais seguro das rodovias.

 

Em um segundo momento, os professores de escolas indígenas receberão um caderno pedagógico de Educação para o Trânsito bilíngue, em Português e em Kaingang, como suporte didático. O material está sendo produzido em parceria com a Secretaria de Educação.

 

No mês de abril (05 e 06), haverá a segunda edição do projeto, contemplando professores de quatro áreas indígenas na região de Nonoai e capacitando-os a desenvolver projetos com a temática trânsito na escola e junto a sua comunidade.

 

Esta primeira etapa do projeto pretende contemplar 15 professores das Terras Indígenas de Cacique Doble e Passo Grande do Rio Forquilha (100%) e 44 professores das Terras Indígenas de Nonoai e Serrinha (50%), incluindo 12 escolas indígenas em seis municípios e 24 comunidades. Foram selecionadas as comunidades mais próximas das rodovias que estão sofrendo intervenções do DAER.  A segunda etapa, a ser desenvolvida em 2018, incluirá outros 43 professores de Nonoai e Serrinha.

Portal da Educação

Av. Voluntários da Pátria, nº 1358 - 5º Andar - Ala Norte - Prédio Secretaria de Segurança Pública

Porto Alegre - RS. CEP: 90230-010

CURSOS INSCRIÇÕES ABERTAS

Logotipo detran

PÚBLICOS

SERVIÇOS E INFORMAÇÕES

EXPEDIENTE

Horário de atendimento: das 8h30min às 18h de segunda a sexta - Fone: 0800-510-3311

Av. Voluntários da Pátria, nº 1358 - 5º Andar - Ala Norte - Prédio Secretaria de Segurança Pública,

Porto Alegre - RS. CEP: 90230-010

REDES SOCIAIS

  • Twitter
  • Facebook
  • RSS
  • Youtube
Termos de uso